Uncategorized

Rock Band é f$#%!

Imagino o que seria hoje se Rock Band existisse quando era moleque, doente por música (continuo) e com tempo livre suficiente para aproveitá-lo. Bom, na época não teria grana para comprá-lo, mas já que estamos falando de sonhos e projeções, vale. É inacreditável. Com pouco mais de R$ 600, ajuda da PF, que não brecou a pacoteira na alfândega e…

Continue lendo

Uncategorized

Slayer, uma entrevista (brutalmente) honesta

Tom Araya, baixista e vocalista do Slayer (minha banda favorita ever) impressiona pela honestidade em entrevistas. Há uma recente no site rockonnection. Pincei alguns trechos. (Obs.: a foto no final do texto é minha, tirada durante um dos shows deles no Brasil há três anos) In some interviews you mentioned you lived a ‘spiritualized life’. How does this affect your…

Continue lendo

Uncategorized

Emais Kiss

Dois videozinhos gravados toscamente do público. Mas ao menos dá pra sentir um pouco do que foi. Tem um de uns 15 segundos, que é o final da música, mais de close. E outro que é quase a música que abriu o show inteira, uns 3m45′ – “Deuce”. Ou, segundo a Folha de S. Paulo, “Dulce”. (Olha o ouvirundun aí…

Continue lendo

Uncategorized

Kiss é o maior espetáculo da (minha) Terra

Foi meu quarto show do Kiss. A banda tem papel importantíssimo na minha vida. Em 1983, quando passaram por aqui pela primeira vez, foi igualmente a primeira vez que fui a um show. No dia seguinte, convencemos o pai do meu melhor amigo, Edgard, a nos levar para almoçar no hotel onde estavam hospedados – Hilton, no centro de São…

Continue lendo

Uncategorized

Morrissey é (muito) maior que The Smiths

Tenho, atualmente, um horário certo para ouvir música: quando venho ou volto do trabalho a pé. Em meia hora consigo repassar um álbum novo, ou saborear algo antigo, perdido nos milhares de arquivos em MP3.Hoje vim executando a segunda opção com algo não tão antigo, mas deliciosamente saboroso – o disco ao vivo no Holliwood Bowl que acompanha o Greatest…

Continue lendo

Uncategorized

o macacão do Elvis vale U$ 100 mil?

Sinceramente?Não. Claro.Sou fã do Elvis. Mas não pagaria isso a menos que meu nome fosse Eike Batista – nesse caso, pagaria o dobro, triplo. Ou por outra: entraria no leilão dos objetos pessoais do Rei, que está sendo realizado em: http://www.gottahaverockandroll.com/Catalog.aspxU$ 100 mil é o valor inicial para o macacão abaixo.Quer tentar a sorte? Please follow and like us: